Cimelide

Bula do remédio Cimelide. Classe terapêutica dos Antiinflamatórios. Princípios Ativos Nimesulida.


Para quê serve Cimelide?

Cimelide é indicado em todas as doenças que requerem atividade antiinflamatória, analgésica ou antipirética.

No tratamento de estados flogísticos dolorosos e não-dolorosos acompanhados ou não por febre, inclusive os relacionados ao aparelho ostearticular.

Via oral – Uso adulto e pediátrico


Como usar Cimelide?

È aconselhável administrar Cimelide após as refeições.

Em casos de insuficiência renal, a posologia deve ser adaptada às necessidades de cada passiente, de acordo com os níveis da infiltração glomerular.

Adultos: 50 – 100 mg (1/2 a 1 comprimido) duas vezes ao dia, podendo alcançar até 200 mg duas vezes ao dia.

Crianças: Gotas – administrar uma gota por Kg de peso, duas vezes ao dia, diretamente na boca da criança ou diluída em um pouco de água açucarada.

Cada gota contém 2,5 mg de nimesulida.


Quais os males que este medicamento pode me causar?

Pode ocorrer, ocasionalmente, febre, náuseas, dor de estômago, dor de cabeça, sonolência e vertigens.

Normalmente estes efeitos são leves e transitórios, e não exigem interrupção do tratamento.

Caso algum destes efeitos seja persistente, consulte o seu médico.

Raras vezes podem ocorrer reações alérgicas; neste caso, consulte o médico.

Informar ao médico o aparecimento de reações desagradáveis, tais como: náuseas, dor de estômago, febre e vertigens.


Quando não devo usar este medicamento?

Nimesulida é contraindicada em pacientes com hipersensibilidade individual à nimesulida, ao ácido acetilsalicílico ou a outros fármacos antiinflamatórios não-esteróides.

Não deve de ser utilizado por mulheres grávidas ou em fase de amamentação; por pacientes com homorragia do trato gastrintestinal, úlcera péptica em fase ativa, disfunção hepática de moderada a grave e disfunção renal grave.


O que devo saber antes de usar este medicamento?

Cimelide requer cuidados especiais em casos de: doença homorrágica, doença do trato gastrintestinal superior, insuficiência renal, insuficiência cardiaca congestiva, hipertenção, tratamento com anticoagulantes ou inibidores de agragação plaquetária.

Nestes casos o uso de Cimelide pode ser feito, desde que com supervisão médica adequada.

Caso os sintomas não melhorem em 5 dias, entre em contato com o seu médico.

Cimelide na gravidez e amamentação: o seu uso não é recomendado a gestantes e em fase de amamentação.

Interações Medicamentosas

Não se aconselha a ingestão de àlcool, alimentos ou medicamentos que provoquem irritação gástrica durante o tratamento com Cimelide.


O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

Até o momento não foram observados casos de superdosagem do produto.


Composição

Cada comprimido contém:

nimesulida……………………………………………… 100 mg

excipientes* qsp…………………………………… 1 comprimido
*laurilsulfato de sódio, dióxido de silício coloidal, celulose mocrocristalina, estearato de magnésio e croscarmelose sódica.

Cada ml de suspensão oral gotas contém:

nimesulida……………………………………………… 50 mg

veículo* qsp…………………………………………….. 1 mL
*ácido cítrico, metilparabeno, propilparabeno, citrato de sódio, laurilsulfato de sódio, sorbitol, goma xantana, sacarina sódica, climato de sódio, ciclamato de sódio, aroma, polissorbato 80 e água deionizada.

Apresentação:

  • Comprimido – embalagem contendo 12 e 600 comprimidos
  • Gotas – frasco com 15 mL


Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Deve de ser consevado em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC), protegido da luz e umidade.

Número do lote – Data de fabricação – Vencimento: vide cartucho.


Laboratório

Cimed Ind. de Medicamentos Ltda.

SAC: 0800 704 46 47

Dizeres Legais

Reg. MS. 1.4381.0059
Farm. Resp.: Charles Ricardo Mafra – CRF – MG 10.883

Next post:

Previous post: