Diasec

Bula do remédio Diasec. Classe terapêutica dos Antidiarreicos. Princípios Ativos cloridrato de loperamida.


Para quê serve Diasec?

Diasec está indicado no tratamento sintomático de:

  • diarréia aguda inespecífica sem caráter infeccioso;
  • diarréias crônicas espoliativas associadas a doenças inflamatórias como doença de Crohn e retocolite ulcerativa;
  • nas ileostomias e colostomias com excessiva perda de água e eletrólitos.

Via oral – Uso adulto


Como funciona este medicamento?

Na diarréia, Diasec faz com que as fezes fiquem mais sólidas e diminui a frequência de evacuações.

Tem seu início de ação desde a primeira tomada, ocorrendo uma redução gradual da diarréia.


Como usar Diasec?

O seguinte esquema médico é recomendado:

  • Diarréia aguda: a dose inicial sugerida é de 2 comprimidos (4 mg), seguidos de 1 comprimido (2 mg) após cada subseqüente evacuação líquida, até uma dose diária máxima de 8 comprimidos (16 mg), ou a critério médico.​
  • Diarréia crônica: a dose diária inicial é de 2 comprimidos (4 mg).

Esta dose deve ser ajustada, até que 1 a 2 evacuações sólidas ao dia sejam obtidas, o que é conseguido, em geral, com uma dose diária média que varia entre 1 e 6 comprimidos (2 mg a 12 mg).

A dose diária máxima não deve ultrapassar 8 comprimidos (16 mg).

Lesão renal: não é necessário ajuste de dose para pacientes com lesão renal.

Lesão hepática: embora não existam dados farmacocinéticos disponíveis em pacientes com lesão hepática, Diasec deve ser utilizado com cautela nestes pacientes devido a redução do metabolismo de primeira passagem (ver item – Precauções e Advertências).


Quais os males que este medicamento pode me causar?

Podem ocorrer constipação (prisão de ventre) e abdome distendido, assim como dificuldade para urinar.

Neste caso, pare de tomar Diasec e, se estes efeitos forem graves, consulte um médico.

A hipersensibilidade ao Diasec é rara.

Pode ser reconhecida, por exemplo, por erupção cutânea, coceira, falta de ar ou edema de face.

Se algum destes sinais ocorrer, procure seu médico.

Algumas vezes podem ocorrer as seguintes queixas as quais podem ser devidas à própria diarréia: dor ou desconforto abdominal, náusea e vômito, tontura ou sonolência e boca seca.

Apesar de raras, algumas reações podem ocorrer como: boca seca, constipação (prisão de ventre), cólicas, abdome distendido, dor ou desconforto abdominal, náusea, vômitos, sonolência, tontura e cansaço.


Quando não devo usar este medicamento?

Não utilize Diasec em crianças.

Não tome Diasec se você for alérgico ao cloridrato de loperamida, que é o componente ativo de Diasec.

Diasec não deve ser usado nos casos de diarréia em que as fezes contenham sangue ou pus ou sejam acompanhadas de febre.

Não use Diasec se você estiver com constipação (prisão de ventre) ou estiver com o abdome distendido.

Também não deve ser utilizado se você tiver inflamação no intestino delgado, sem uma indicação específica do seu médico.


O que devo saber antes de usar este medicamento?

Embora Diasec seja um medicamento para tratar os sintomas da diarréia ele não trata a sua causa.

A causa da diarréia, sempre que possível, deve ser tratada.

Quando você está com diarréia, há uma grande perda de líquidos através das fezes, que devem ser repostos através da ingestão de bastante líquido.

Caso o episódio de diarréia aguda (diarréia que aparece repentinamente) não melhore dentro de um período de 48 horas, ou se houver o aparecimento de febre, pare de tomar o medicamento e entre em contato com seu médico.

Se ocorrer constipação (prisão de ventre) durante o tratamento, o mesmo deverá ser suspenso.

Caso a prisão de ventre, seja intensa, avise seu médico.

Se você tem AIDS e está sendo tratado com Diasec para diarréia e apresentar qualquer sinal de abdome distendido, pare de tomar Diasec imediatamente e avise seu médico.

Diasec na gravidez e lactação

Não se recomenda o uso de Diasec durante a gravidez ou no período de amamentação, pois pequenas quantidades de Diasec podem aparecer no leite humano.

Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término.

Informar ao médico se está amamentando.

Se você apresentar fezes sólidas ou endurecidas, ou se você já estiver há 24 horas sem evacuar, não tome mais o medicamento.

Disfunção hepática

Informe seu médico se você tem problemas hepáticos.

Você poderá necessitar de um acompanhamento médico mais rigoroso.

Não há contra-indicações em tomar Diasec se você dirige ou opera máquinas, a menos que você esteja sentindo cansaço, tontura ou sonolência.

Interações Medicamentosas

Informe seu médico se você estiver usando medicamentos que diminuem a função do estômago ou do intestino (por exemplo, anticolinérgicos), pois podem aumentar o efeito de Diasec.


O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

Se por acidente você ingeriu Diasec em quantidades muito grandes, chame logo um médico, principalmente se os seguintes sintomas aparecerem: rigidez muscular, movimentos sem coordenação, sonolência ou dificuldade de respiração ou para urinar.

As crianças são mais sensíveis que os adultos ao Diasec.

Se ocorrer ingestão acidental por crianças e algum dos sintomas descritos anteriormente aparecer, procure um médico imediatamente.


Composição

Cada comprimido de 2 mg contém:

cloridrato de loperamida …………………………………………………………………. 2 mg

excipientes q.s.p. ………………………………………………………………. 1 comprimido
(lactose monoidratada, fosfato de cálcio dibásico diidratado, amido, amidoglicolato de sódio, dióxido de silício e estearato de magnésio)

Apresentação:

  • Diasec 2 mg – embalagem contendo 12 ou 200 comprimidos


Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Conservar em temperatura ambiente (15 – 30°C).

Proteger da luz e umidade.

Número do lote – Data de fabricação – Vencimento: vide cartucho.


Laboratório

HEXAL DO BRASIL Ltda.

Dizeres Legais

Reg. M.S. nº 1.0047.0318
Farm. Resp.: Luciana A. Perez Bonilha – CRF-PR nº 16.006

Next post:

Previous post: