Fluimucil D

Bula do remédio Fluimucil D. Classe terapêutica dos Expectorantes. Princípios Ativos Acetilcisteína.


Para quê serve Fluimucil D?

Fluimucil oral é um medicamento expectorante indicado para o tratamento de afecções respiratórias caracterizadas por hipersecreção densa e viscosa, tais como bronquite aguda, bronquite crônica e suas exacerbações, bronquite tabágica (bronquite originária do cigarro), enfisema pulmonar, broncopneumonia (inflamação nos pulmões e brônquios), abscessos pulmonares (acúmulo de pus), atelectasias pulmonares (fechamento dos brônquios), mucoviscidose (doença hereditária que produz muco espesso, também conhecida por fibrose cística) e outros.

Também é indicado para intoxicação acidental ou voluntária por paracetamol.

Via oral – Uso adulto


Como funciona este medicamento?

Fluimucil oral é um medicamento expectorante que ajuda a eliminar as secreções produzidas nos pulmões, facilitando a respiração.

Fluimucil oral modifica as características da secreção respiratória (muco) reduzindo sua consistência e elasticidade, tornando-a mais fluida ou mais liquefeita, o que facilita a sua eliminação das vias respiratórias.

Fluimucil funciona ainda, como antídoto de danos hepáticos provocados pelo paracetamol, regenerando os estoques de uma substância vital para a função normal do fígado (a glutationa).

Fluimucil oral é rapidamente absorvido no trato gatrintestinal, onde o início de sua ação ocorre dentro de uma hora após sua administração, quando alcança concentrações máximas nas secreções brônquicas.


Como usar Fluimucil D?

1 envelope, 1 vez ao dia, de preferência à noite.

A duração do tratamento é de 5 a 10 dias, não desaparecendo os sintomas procure um médico.

O granulado deve ser dissolvido com o auxílio de uma colher, em meio copo d´água (100 mL) à temperatura ambiente e ingerido em seguida.

Não se deve guardar a solução.


Quais os males que este medicamento pode me causar?

O uso de Fluimucil oral pode ser seguido ocasionalmente de reações de hipersensibilidade.

Foram descritas reações como náusea, vômito, diarréia e irritação gastrintestinal.


Quando não devo usar este medicamento?

Fluimucil oral é contra-indicado para pacientes alérgicos a acetilcisteína e/ou demais componentes de suas formulações.

Não deve ser administrado à pacientes com úlcera gastroduodenal.


O que devo saber antes de usar este medicamento?

Fluimucil na gravidez e amamentação:

Categoria de risco B: Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Não se dispõe de dados em mulheres no período da amamentação, por isso não se recomenda utilizar este medicamento durante esta fase.

Uso em idosos: recomenda-se reduzir a dose inicial para metade da dose para adultos e, em caso de necessidade, e se o medicamento for bem tolerado, a dose poderá ser aumentada gradativamente.

Uso pediátrico: devem-se seguir as orientações gerais descritas para o medicamento.

Grupos de Risco: pacientes portadores de asma brônquica devem ser rigorosamente controlados durante o tratamento; se ocorrer broncoespasmo (contração dos brônquios causando dificuldade para respirar), suspender o tratamento imediatamente e consultar seu médico.

A presença de odor sulfuroso não indica alteração no medicamento, pois é própria do princípio ativo contido no mesmo.

Fluimucil granulado D 600mg contém frutose e não deve ser utilizado em pacientes com intolerância hereditária à frutose.

Esta apresentação deve ser utilizada com cautela por pacientes diabéticos.

Interações Medicamentosas

Existe interação de Fluimucil oral com alguns antibióticos, portanto recomenda-se o uso intercalado entre os medicamentos.

Sugere-se o uso de Fluimucil oral 2 horas antes ou depois da administração do antibiótico.

Achados de testes laboratoriais: alterações clinicamente importantes dos parâmetros laboratoriais padrão não foram encontradas com a administração de Fluimucil oral.

Interações com alimentos: até o momento não foi relatada interação entre Fluimucil oral e alimentos.


O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

Em caso de superdose, avise seu médico imediatamente para que ele possa prestar atendimento de urgência.

Os sintomas mais prováveis serão principalmente do tipo gastrintestinais.


O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Caso você esqueça de tomar uma dose, deve tomá-la o quanto antes, e tomar a dose seguinte como de costume, isto é, na hora regular e sem dobrar a dose.


Composição

Cada envelope de granulado D 600 mg contém:

acetilcisteína…………………………………………………………………………………………………………..600 mg

Excipientes*q.s.p………………………………………………………………………………………………..1 envelope
*(sacarina sódica, frutose, aroma de laranja, corante amarelo crepúsculo, talco, dióxido de silício coloidal).

Apresentação:

  • granulado D 600 mg – embalagem com 16 envelopes de 5 g


Onde como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Conservar em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC).

Proteger da umidade.

Aspecto físico:

  • Pó cristalino de coloração alaranjada com sabor cítrico de laranja.

Número do lote – Data de fabricação – Vencimento: vide cartucho.


Laboratório

Zambon Laboratórios Farmacêuticos Ltda.

SAC: 0800-0177011

Dizeres Legais

Registro MS – 1.0084.0075
Farm. Resp.: Dr. Helcio Garcia de Souza – CRF-SP 37.345

Next post:

Previous post: